Sólida infra-estrutura e advogados
            especializados na área previdenciária.

Lesões da Voz e o INSS
O assunto hoje interessa a todos os professores, locutores, telefonistas, vendedores... Enfim, todas as pessoas que fazem da voz a sua ferramenta de trabalho.
Saiba +
Artigos

Estágio que conta
Publicado no Jornal Comércio da Franca do dia 26/09/2014, Seção Opinião e Debates, pág. 02 (disponível também em http://gcn.net.br/noticia/265506/opiniao/2014/09/estagio-que-conta)
Escrito por: Tiago Faggioni Bachur. Colaboração de Fabrício Barcelos Vieira. Advogados e professores especialistas em Direito Previdenciário



Esteja atento: tempo de estágio pode ser computado pelo INSS. De acordo com a Justiça, quem estagiou antes de 1973 pode ter o tempo computado desde que comprove algum tipo de remuneração e que o estágio não fizesse parte da atividade curricular. 
 
É que até junho de 1973, estagiário era considerado segurado obrigatório da Previdência Social. A partir dessa data a regra mudou e o estagiário passou a ser segurado facultativo, isto é, sem obrigação de recolhimento previdenciário. 
 
Se ele recolher, o período é computado. Atualmente, entre as leis que regem o assunto estão a Portaria Ministerial nº 1.002/67, a Lei nº 6.494/77 e a Lei nº 11.788/08. 
 
Portanto, hoje, estudantes contratados mediante bolsa não têm, para qualquer efeito, repercussão nas áreas previdenciária e trabalhista — mas o tempo é contado desde que haja contribuição. 
 
Nem sempre as regras do estágio são respeitadas pelos contratantes. Então, pode ser que que a relação contatrual não seja considerada como própria de estagiário, mas sim, de empregado. 
 
Nesse caso, uma espécie de ‘fraude contratual’ por parte do empregador, a legislação determina o reconhecimento do vínculo empregatício e respectivo pagamento do INSS. 
 
Em outras palavras, se houver descumprimento de qualquer obrigação contida no termo de compromisso ou de requisitos legais, o estagiário vira empregado para todos os fins.
 
Lembre-se que dentre esses requisitos estão a carga horária de 30 horas semanais para estudantes do ensino superior, da educação profissional de nível médio e do ensino médio regular; a celebração de termo de compromisso entre o educando, a parte concedente do estágio e a instituição de ensino; respeito da compatibilidade entre as atividades desenvolvidas no estágio; a matrícula e frequência regular do educando em curso de educação superior, entre outros. 
 
Em caso de dúvida, procure um especialista.
 
Tiago Faggioni Bachur
Colaborou Fabrício Barcelos Vieira, advogados especialistas em Direito Previdenciário

---------

O livro mais esperado do Direito Previdenciário e escrito por um dos maiores especialistas da atualidade (Dr. TIAGO FAGGIONI BACHUR) já é um dos mais vendidos no segmento no país: SUPER MANUAL PRÁTICO DO DIREITO PREVIDENCIÁRIO (Ed. Lemos e Cruz).


São mais de 1.600 páginas, mostrando não apenas os benefícios pagos pelo INSS, mas também como funciona na prática o processo administrativo e judicial, os principais erros do INSS, cálculos, temas atuais e polêmicos (como, por exemplo, a DESAPOSENTAÇÃO e a DESPENSÃO), etc.


Traz, ainda, todas as recentes alterações, como a aposentadoria do portador de deficiência, o salário maternidade que pode ser pão aos homens, etc.


Possui, ainda, CD com modelos de petições, programa de cálculo de tempo e de fator previdenciário, informações de índices e salários mínimos de todos os tempos, links para a principal legislação previdenciária e jurisprudência.


Lançado oficialmente em setembro, devido ao sucesso, o livro já começa a se esgotar em algumas livrarias. Quem tiver dificuldade em encontrá-lo, pode entrar em contato pelo email do  bachurevieira@bachurevieira.com.br outiagobachur@bachurevieira.com.br


 

Acompanhe nossos informativos e Aguarde!!!

Logo, mais novidades...



BACHUR & VIEIRA - advogados


acesse: www.bachurevieira.com.br
Escritório: Rua Couto Magalhães, 1846 e 1850 - CEP 14.400-020 - Fone (16) 3403.3468 e 3025-0503 - Franca/SP


Mantenha-se informado em tudo o que acontece na área previdenciária. Acesse www.bachurevieira.com.br.
Notícias previdenciárias atualizadas diariamente!





Voltar


Rua Couto Magalhães, nº 1846 e nº 1850
Centro - Franca/SP - CEP 14400-020
Fone (16) 3403-3468 - 3025-0503

Todos os direitos reservados
Desenvolvido por