Sólida infra-estrutura e advogados
            especializados na área previdenciária.

Quatro dias após a propositura da ação, segurada consegue TUTELA na JUSTIÇA para começar a receber seu benefício
A segurada procurou o escritório BACHUR e VIEIRA Advogados após ter o benefício negado pelo INSS de aposentadoria. O escritório ingressou com Mandado de Segurança no dia 16/07 e no dia 20/07 saiu a publicação da decisão para implantar o benefício.
Saiba +
Notícias

Reforma da Previdência pode ser aprovada até julho, diz Caetano - 2017-05-30

O secretário de Previdência do Ministério da Fazenda, Marcelo Caetano, afirmou que a expectativa do governo Temer é de aprovar a reforma da Previdência no Congresso ainda no primeiro semestre. Não há nenhuma imposição [do governo] no Congresso em relação a isso, mas a expectativa é aprovar ou antes ou um pouco depois do recesso de julho, afirmou.

 

Marcelo Caetano participou de uma roda de conversa, promovida pela revista EXAME, nesta segunda-feira, ao lado de José Eustáquio Diniz Alves, demógrafo e professor da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE, e Celso Toledo, economista e diretor da LCA Consultores.

 

Ele deixou claro, porém, que o ritmo da votação depende dos deputados e senadores. Por ser uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC), ela deve ser aprovada por 3/5 dos deputados, em dois turnos de votação.

 

O secretário também afirmou que a reforma da Previdência irá melhorar a atividade econômica como um todo ao influenciar também a queda dos juros e na contenção das taxas de inflação.

 

A aprovação da reforma da Previdência tem o potencial sim de melhorar a atividade econômica e trazer mais emprego, menos inflação às pessoas, disse. Segundo Caetano, o próprio Banco Central já condiciona a reforma com a queda na taxa básica de juros.

 

O fato é para dar sustentabilidade para pagar aposentadorias e pensões lá na frente, mas a gente observa que uma mera expectativa de aprovação da reforma melhora os indicadores econômicos. O próprio BC indica que a queda estrutural da taxa de juros depende da reforma da Previdência, disse ele.

 

De acordo com Caetano, as manifestações contrárias à reforma fazem parte do jogo democrático. A gente pode interpretar isso de uma perspectiva negativa, as pessoas reagem contra, o que é uma característica universal, e o lado bom é que a gente vive em um país democrático, disse Marcelo Caetano.

 

 


Fonte: Veja.com (29/05/2017)




BACHUR & VIEIRA - advogados


acesse: www.bachurevieira.com.br
Escritório: Rua Couto Magalhães, 1846 e 1850 - CEP 14.400-020 - Fone (16) 3403.3468 e 3025-0503 - Franca/SP


Mantenha-se informado em tudo o que acontece na área previdenciária. Acesse www.bachurevieira.com.br.



Voltar

Rua Couto Magalhães, nº 1846 e nº 1850
Centro - Franca/SP - CEP 14400-020
Fone (16) 3403-3468 - 3025-0503

Todos os direitos reservados
Desenvolvido por